sexta-feira, 23 de junho de 2017

Quiting everything to be a mermaid...




Para mim, férias a sério, são férias de praia no Algarve.

Eu sei que existem pessoas que dão um rim por se meterem num avião e irem para o outro lado do mundo fazer praia num local fabuloso. Eu odeio andar de avião e tenho pesadelos só de imaginar que vou estar 8, 9 ou 10 horas dentro daquele bicho enorme com asas.

Se tiver mesmo de ir, vou (mas em pânico total e absoluto); mas, se puder evitar, nem penso duas vezes. Por isso mesmo, eu gosto muito do Algarve porque vamos em modo road trip e porque eu adoro voltar aos sitios onde já fui feliz. A “minha” praia no Algarve tem boas memórias, tem amigos e tem um hotel fabuloso.
Eu não preciso de muito mais para ter umas boas férias, apesar de saber que há muito para ver no mundo.

Assim, o blog vai também entrar em modo de férias porque, nas duas próximas semanas, :
Quero vestir bikini e andar descalça todo o dia.

Quero nadar no mar e sentir o sol na pele.

Quero estar bronzeada e sentir que estou gira sem maquilhagem.

Quero ser a primeira a chegar á praia e a ultima a sair.

Quero sentir o vento quente na cara e o cabelo em desalinho (mas, em bom…)

Quero sentir o cheirinho do protector solar e o sal do mar na pele.

Quero ir á Cacela Velha comer ostras e ver o por do sol.

Quero vestir vestidos e tops de alcinhas sem casaco.

Quero ter tempo de qualidade para os meus amores.

Queria muito ter sossego, na praia, e ler um bom livro mas sei que isso é impossível por mais de 5/10 minutos seguidos 

No entanto, quando voltar, prometo que faço um post sobre tudo isto e muito mais. Até lá, sigam-me no Instagram para verem o que levo na mala.

Xi-❤️!

Isabel.

PS: Isto de desistir de tudo para ser uma sereia não é para ser entendido de forma literal: eu nunca vou querer ser uma sereia porque não iria poder calçar sapatos.






#English




For me, the real vacation is the beach time in the Algarve.

I know there are people who give a kidney for getting into a plane and travel to the other side of the world to go to a fabulous beach.

I hate flying, and I have nightmares just to imagine that I'm going to be 8, 9 or 10 hours inside that huge bug with wings. If I really have to go, I’ll go (but in total and absolute panic); but if I can avoid it, I do not even think twice.

That’s why I really like the Algarve because we go on road trip mode and because I love going back to the places where I was already happy. ”Our" beach in the Algarve has good memories, has good friends and has a fabulous hotel. I do not need much more to have a good vacation, although I know there is a lot to see in the world.

So, the blog will also go into vacation mode because, in the next two weeks:

I want to wear bikinis and be barefoot all day.


I want to swim in the sea and feel the sun on my skin.

I want to be tanned and feel like I'm so pretty without makeup.

I want to be the first to reach the beach and the last to leave.

I want to feel the hot wind in my face and my hair messy.

I want to smell the sunscreen and the sea salt on my skin.

I want to go to Cacela Velha to eat oysters and watch the sunset.

I want to wear dresses and light tops without a cardigan.

I want to have time for my little loves and for my big love.

I would really like to have some peace on the beach and read a book but I know this is impossible for more than 5 minutes in a row.

When I get back, I promise I'll post about this and more. Until then, follow me on the Instagram to see what I’ve packed for my beach escape.

Love,

Isabel.

PS: This thing of quitting everything to be a mermaid is not to take it literally: I wouldn’t ever want to be one because I wouldn’t be able to wear shoes.





sexta-feira, 16 de junho de 2017

What's next?! Mais duas festas, uma semana diabólica e depois férias!!!!


Há muita coisa a acontecer e, estas semanas vão ser intensas, senão vejam:

1-     Ontem, tivemos a comunhão do nosso afilhado;

2-   Temos a festa de aniversário, dos 6 anos, do T pequenino! (Onde está o meu bebé?!), durante o fim-de-semana;

3-     Segue-se uma semana cheia de corre-corre, porque a semana antes das férias é sempre a mais louca de sempre.

4-     Finalmente, férias!

Portanto, há muito por onde bloggar mas eu não sei se vou ter tempo para tudo: eu sou só uma apesar de, às vezes, achar que estou a viver a vida de 3 ou 4 pessoas, ao mesmo tempo. Nós, mulheres, só atiramos a toalha ao chão depois do trabalho estar TODO feito e, ainda assim, somos nós que a apanhamos e colocamos no caixote da roupa suja para lavar (reconhecem a imagem?!).

Mas, eu vou tentar fazer como sempre faço: uma coisa de cada vez e começar sempre pelo início.

A comunhão do meu afilhado foi um bálsamo para o meu coração e este não foi apenas mais um “evento” ao qual fomos por ir: quando os amigos são mais que família é como celebrar com o coração e, a emoção do dia, é igual como se se tratasse de um dos meus filhos.

Isto é o constatar de que a vida corre que se farta, que as crianças crescem num ápice, mas também que, mais uma vez, e como sempre, temos o privilégio de estarmos presentes num momento importante da vida dele.

Emoções á parte (já me emocionei o suficiente quando o vi na igreja…), este foi o look que escolhi para a comunhão do meu querido afilhado (com direito a passagem por outra festa de comunhão, de uma menina muito especial também …).




Escolhi este vestido porque queria “fugir” ao look da última festa (podem ver aqui) e também porque sou muito fã destes tons quentes todo o ano.

O vestido é da Mango, da colecção passada, e foi mais uma daquelas compras por impulso/paixão imediata: não me mostrem tons de castanho, caramelo e dourado juntos que eu não resisto.

Foi ver o vestido, experimentar e comprar.

Para este dia, bastou juntar estas sandálias fantásticas da Massimo Dutti (também já da colecção do ano passado) e uma clutch preta da Purificácion Garcia. O brinco fantástico é da Oursins, o melhor pecado do mercado em termos de joalharia (vejam aqui do que vos falo).

Aqui só faltou mesmo foi um bronzeado compatível com estes tons mas isso só arranjo daqui a umas duas semanas ( cant wait!!!).

Mais fácil de coordenar era impossível e, tudo isto, sem comprar nada de novo (portanto, está estalecido um novo recorde pessoal…).

Adorei o resultado: simples, confortável e elegante. Não é o que todas queremos?!

Espero que gostem e, se quiserem, como sempre, podem deixar os vossos comentários.



Xi-❤️!



Isabel



#English



What’s next? Two more parties, one diabolic week and then finally vacations…!



There's a lot going on, and the next few weeks are going to be intense. Take a look:

1- Yesterday ( it was a national holiday), we had the 1st communion of our godson ;
2- The 6th birthday party of my
 little T ! (Where’s my baby?!) is happening this weekend;
3- A super busy week at the office, because the week before the vacations is always the craziest ever.
4- Finally two weeks of vacations!


So, there is a lot to blog about but I don’t know if I will have time for everything as I wish to: I am only one but sometimes it seems I’m living  3 or 4 persons lives ate the same time. We, women, only throw the towel on the floor after work is ALL done and yet  we are the ones who pick it up and put it on the laundry box (do you recognize the image ?!).
But, I'll try to do as I always do: one thing at a time and start from the beginning.

The 1st communion of my godson was a balm to my heart and this wasn’t just another party that we attended: when friends are more than family it is like celebrating with the heart and, the emotion of the day, it is the same as If it was with one of my boys.
This is to say that, in spite of life is running quickly and our children are growing up too fast, we are once again present at an important moment in his life, as we have always done since the day he was born.
Emotions aside, this was the look that I choose for his 1st communion (with a quickly passage on another 1st communion party from a very special girlie too ...).





I choose this dress because I wanted to escape the look of the last party I went (you can see it
here) and also because I am a huge fan of these warm tones all year long and not only for Fall.
The dress is from
Mango, from the last collection, and it was one of those cases of love at 1st sight: do not show me brown, caramel and gold tones together because I can’t resist. It was easy as this: sow the dress, tried it and bought it.

Then, it was enough to put together these fantastic sandals from MassimoDutti (also from the last year’s collection) and a black clutch from Purificácion Garcia. The fantastic earring is from my favorite sin in the jewelry world : Oursins  ( link here to see what I’m talking about). Just missing a compatible tan but I'll manage that in the next weeks to came (can’t wait !!!).
Probably it’s hard to find an easier look for a party (that’s a new record to me: I didn’t buy anything new!!!)
  and honestly I loved the result: simple, comfortable and elegant. Isn’t what we girls want?!
I hope you like it and if you want, you can leave your comments bellow.

Love,

Isabel













segunda-feira, 29 de maio de 2017

Feito á medida








Sabem quando têm uma imagem de uma peça de roupa na cabeça, que não conseguem encontrar em lado nenhum, apesar de ser uma coisa perfeitamente básica?

Isto acontece-me com alguma frequência e, se querem saber, desespera-me um pouco porque parece-me que tudo o que é “normal”, básico ou comum está em desuso.

Na minha opinião, básico não tem de ser aborrecido e muito menos banal. Se é verdade que as marcas têm cada vez mais de ousar e inovar para chamar a atenção dos consumidores também é verdade que as peças mais básicas são as mais vestíveis e são as pedras basilares de um bom guarda-roupa. As vezes parece-me que esta regra básica é esquecida e, como tal, esquecem-se daqueles que, como eu, gostam mesmo é de um bom básico, ainda que com um qualquer twist que o diferencie de todos os outros.

O ano passado eu “sonhei” com umas calças de seda, largas e fluidas, a varrer o chão, sem bolsos e de cintura ligeiramente subida. Não queria lisas mas também não queria um estampado brutal. Procurei, não encontrei mas nem por isso desisti. Fui ver tecidos, apaixonei-me por um clássico (bolinhas brancas em fundo vermelho) e facilmente consegui transmitir o que queria á minha querida costureira (mais alguém ainda usa também a costureira para concretizar sonhos?). O resultado foi tudo aquilo que imaginei e, mais uma vez, chego á conclusão que há coisas que não se compram feitas: mandam-se fazer.

Se calhar vão pensar que sou maluca por fazer tanto alarido por umas calças tão básicas. Mas se pensam assim não vão entender que uma peça destas, para mim, é tão versátil que pode ser usada para uma cerimónia de casamento mas também para uma simples ida á praia. Basta acrescentar os acessórios correctos e voilá!

Hoje, vou mostrar como as usei para um passeio na cidade mas que acabou na praia, ao fim da tarde ( parece que acabamos sempre por terminar os nossos dias na praia… ).

Espero que gostem e, como sempre, se quiserem podem deixar os vossos comentários.

Xi-❤️ ,

Isabel

 

#English

Tailer made

 




Do you know when you have a picture of a piece of clothing on your head that you can’t find anywhere, even though it is a perfectly basic thing?!
This happens to me quite often, and if you want to know, it's a little desperate because it seems to me that everything "normal", basic or common is out of date.
In my opinion, basic doesn’t have to be boring and much less banal.
If it is true that brands have more and more to dare and innovate to catch the attention of consumers it is also true that they are the most basic pieces that are most wearable and which are the base of a good wardrobe.
Sometimes it seems to me that this basic rule is forgotten and as such  those who, like me, love a good basic, although with some twist that sets it apart from all others, are forgotten too.
Last year, I "dreamed" of silk pants, wide and flowing, sweeping the floor, with no pockets and a slightly raised waist. I didn’t want a fabric with no pattern, but didn’t want either a brutal print. So, I searched a lot, didn’t find what I was dreaming about but didn’t give up. I went to see fabrics, I fell in love with a classic one (white polka dots on a red background) and I easily managed to convey what I wanted to my dear seamstress (does anyone else still use the dressmaker to make dreams come true?).
The result was all that I imagined, and again I come to the conclusion that there are things that are not bought made: they need to be made with care and by measure.
Maybe you're going to think that I'm crazy for making such a buzz for such basic pants. But if you think that way you will not understand that this silk pants, for me, are so versatile that I can wear them for a wedding ceremony but also for a simple beach day.
Just add the right accessories and voilá!
Today, I'll show you how I wear them for a walk in the city but that ended up on the beach in the evening (it seems that we always end up our days at the beach ...
).
I hope you like it and, as always, if you want, you can leave your comments.

Love,

Isabel

























Calças em seda / Silk pants
Top, MOsimilar , similar )
Casaco ganga / Denim jacket, Levi's
Sapatos / Shoes, Zara ( similar )
Mala / Bag, Michael Kors
Óculos Sol / Sunglasses, Michael Kors


terça-feira, 23 de maio de 2017

Alguém falou em festa?


Conforme tinha prometido no último post, cá estou para partilhar o look que usei na comunhão de um dos meus sobrinhos.

Felizmente esteve um dia de muito calor porque eu tinha decidido que ia usar este vestido, quer chovesse quer fizesse sol:






Esta foi uma daquelas compras que fiz por impulso. Lembro-me que andava no site do Mango a navegar num dia em que não devia de ter muito que fazer e pow! deparei-me com ele.

Em saldos.

Com o meu nº disponível.

Portanto em 2 minutos já era meu, não havia como passar ao lado. Quando chegou ás minhas mãos ( 3/4 dias depois) eu percebi logo o quão inteligente foi esta compra : o vestido é lindo, de uma qualidade ótima, com um corte que assenta bem e que dá um ar super sofisticado.

Este vestido em saldos custou 19€ (não me odeiem p.f….se conseguirem) mas inicialmente custava cerca de 60€.

Só que há aqui uma nuance muito importante: eu comprei este vestido no pico do Inverno, quando só pensamos em lãs e caxemiras, em camisolas de gola alta e gorros. Ou seja, nada seria mais improvável de comprar do que um vestido branco, de seda, e que grita Verão por todos os lados.

Mas eu estou sempre a antecipar o futuro e achei que um dia ele iria ser muito útil. E, lá está! o dia chegou e cá estou eu para provar que não devemos deixar para amanhã o que se pode comprar hoje.

O MQT ( Mais-que-tudo, lembram-se?) costuma dizer muitas vezes que eu tenho stock de roupa e sapatos para abrir uma Zara.

Eu respondo o óbvio: só tenho o que preciso. Posso é não precisar exatamente naquele dia, semana ou mês imediato. Mas o dia e hora de cada peça há-de chegar, disso não tenho duvidas.

Ora, lamento informar que já não vão conseguir um vestido igual a este. Mas também já vos deixei aqui algumas sugestões para não derramarem uma só lagrima com o desgosto. Também fiz link de dois vestidos brancos lindoooossss por baixo das fotos. Quem é amiga, quem é?!

Espero que gostem e prometo que ainda vou apresentar outro look de festa porque ainda me resta mais uma comunhão este ano.


Xi-❤️


Isabel

 Ps: as fotos são poucas porque os meus fotógrafos habituais baldaram-se ao trabalho e só quiseram socializar. #boyswillbeboys



#English


Did someone mentioned party?


As I had promised in the last post, here I am to share the look I weared in the communion of one of my nephews.

Luckily it was a very hot day because I had decided that I would wear this dress, no matter what the weather would look like on this day:






This was one of those purchases that I made on impulse . I remember that I was scrolling at Mango’ site, on a day when I should not have much to do, and pow! I came across this dress.
On sale.

With my size available.

So, in 2 minutes it was already mine, there was no way to let it pass. When it came to my hands (3/4 days later) I realized just how clever this purchase was: the dress is gorgeous, made with great quality, with a cut that sits well and gives a super sophisticated look.

This dress on sale was € 19 (do not hate me, plesase! ... ) but initially cost about € 60.

But here is a very important nuance: I bought this dress in the peak of winter, when we only think of wool and cashmere, high necked sweaters and hats. That is, nothing would be more improbable to buy than a white, silk dress that shouts summer on all sides.

But I am always anticipating the future and I thought that one day it would be very useful. So, there it goes! The day has come and here I am to prove that we should not leave for tomorrow what we can buy today (right?!).

My everything-and-more, aka hubby, says too often that I have stock of clothes and shoes to open a Zara store.

I answer the obvious: I only have what I need. I may not exactly need that day, week, or month. But the day and hour of each piece will arrive, of that I have no doubt.

Well, I'm sorry to inform you that you're not going to get a dress like this anymore. But I have already given you here some suggestions to wear on party season so you won't shed a single tear with disgust.  I linked two similar white dresses bellow the photos too : who's your bestie?! :)

I hope you enjoy it and I promise that I will post another party look soon because I still have one more 1st communion this year ( Yei!!!!).

Love,

Isabel

PS : These are the photos I could get from my usual photographers because all they did was socialize and talk about football, cars and vídeo games. #boyswillbeboys















 



Vestido/ Dress, Mango ( similarsimilar )
Sapatos / Shoes, Zara ( similar )
Carteira / Bag, Michael Kors
Óculos Sol / Sunglasses, Missoni
Brincos/ Earrings, Parfois