sábado, 9 de julho de 2016

Dress code


Existe algures um protocolo que diz que não se deve vestir preto, em look total, para ir a um casamento. E que branco também é um BIG NO e que vermelho então , nem pensar!

Eu não sei quem inventou estas regras mas sinceramente acho-as absurdas. E não é porque visto preto  99% das vezes que vou a um casamento mas sim pela imposição. 

Quando me casei estive muito pouco interessada em reparar se os meus convidados iam de preto ou de vermelho. Para mim até podiam ir todos de branco, não me faria qualquer dor.

Existe uma outra regra, que diz que o branco está reservado apenas e só á noiva. Eu penso que isto era válido no tempo em que era certo e sabido que a noiva ia efetivamente aparecer de branco.   

Mas, hoje em dia, isto até pode ser mais complicado do que parece  porque já estive num casamento em que a noiva usou um vestido cor-de-rosa maravilhoso e, por essa ordem de ideias, se alguém aparecesse também de cor-de- rosa, estragava a vida á noiva.
Ora, tudo isto para dizer o quê? Que as regras que são impostas para estas ocasiões não fazem muito sentido. O que, na minha opinião, deve prevalecer deve ser o bom senso ( como em tudo na vida)  e, se possível,  seguir a regra de que “ menos é sempre mais”. Não há nada mais aflitivo do que uma pessoa se sentir mal na própria pele porque se sente deslocado.

Mas não será tudo apenas uma questão de confiança?


Já vi uma pessoa num casamento em que - desculpem a expressão! - pôs a “ carne toda no assador” e  toda a gente estava a pensar o mesmo : “ onde é que ela tinha a cabeça quando decidiu vestir aquilo?!”.

No entanto, ela esteve sempre cheia de confiança, e assumiu de cabeça erguida o facto de estar a ser o centro das atenções num vestido amarelo, cheio de recortes que mostravam muito mais do que o necessário. Se estava desconfortável(duvido!) sinceramente não se notou nada. 
Eu jamais teria essa confiança, confesso.  Nunca seria capaz de sair de casa, e ir a qualquer sítio (mesmo levar o lixo, ao contentor, do outro lado da rua) com aquele vestido. Não porque sou gorda ou porque sou magra mas porque, não tendo nada a ver comigo, com a minha personalidade, sentir-me-ia altamente desconfortável.

Eu sou uma “ clássica rebelde” assumida porque, mesmo contra todos os protocolos, vou quase sempre de preto a casamentos. Sei que há quem critique, quem não goste e ache mal, mas eu gosto, sinto-me sempre elegante e sóbria de preto e, até hoje, nunca me senti nem deslocada nem desconfortável ( tal qual a menina do vestido amarelo mas em versão “menos, muito menos!”).

Mas, para o próximo casamento (não sei quando será) vou tentar não ir de preto ( só pelo desafio) mas também não sei que cor vou usar.

Só que sei que vou em paz com o meu estilo, disso não tenho dúvidas.

E vocês? Ousam ou são clássicas?! Concordam ou discordam  dos protocolos instituídos?

Gostava de saber a vossa opinião!

Xi - ❤️!



#English
There´s somewhere a protocol that says you should not wear black, total look, to go to a wedding. And that white is also a BIG NO and red, no way!
I don´t know who invented these rules but frankly I find them absurd. And it's not because I wear full black in 99% of the times I go to a wedding but because of the imposition.

When I got married I really didn’t care if guests were wearing black or red.
For me they could even go in all white, that wouldn’t do me any pain.

There is another rule, saying that white is reserved only for the bride. I think that it was valid at those times when was right and known that the bride would actually appear in white.
But, nowadays, it can even be even more complicated than that because I've been in a marriage in which the bride wore a beautiful color pink dress. So, if someone takes the rules for granted, and was wearing the same pink as the bride, it would be a huge
faux pas?!


Now, all this talk to say what? In my opinion, the rules that are imposed on these occasions do not make much sense. What should prevail should always be the good sense (as in everything in life) and, if possible, allied to the old maxim "less is always more."
There is nothing more distressing than a person feel bad in their own skin because you feel “displaced”.


But is not all a matter of self confidence?


I've seen a girl on a marriage where - pardon the expression! - she put "all the flesh on the spit" and everyone was thinking the same, "what was she thinking when she decided to wear that dress?!” However, she paraded in style, full of confidence, and assumed head-on the fact that she was being the center of attention in a yellow dress, full of clippings, that showed more than necessary.

I would never have that confidence, I confess. I never be able to leave home and go anywhere (even take the trash across the street) with that dress. Not because I'm fat or because I'm skinny but because, that dress has nothing to do with me, with my personality, and therefore I would feel more than uncomfortable wearing it.

I am an assumed "rebel classic" because, even against all protocols I always wear black to go to weddings because it makes me feel confident and elegant. I know that there´s peolple who hate it and there´s peolple who think that i look like the "black sheep",  but until this day I never felt displaced or uncomfortable (just like the yellow dress girl).

But for the next marriage (I do not know when it will be) I already decided that I will
try not to wear black (just for the challenge) but still do not know what color I will use.

I know that I will be loyal to my style; I have no doubt about it.

What about you? Are you dare or are you classic?! Agree or disagree with the established protocols?

Would love to know your opinion about this so, if you want, you can leave a comment.

Have a great weekend!

Kisses & Hugs



Sem comentários:

Enviar um comentário